segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Avaliação Diagnóstica

A avaliação diagnóstica é um precioso instrumento para o
alfabetizador, pois possibilita que o aluno reflita sobre o
que já é capaz de ler, escrever, compreender, opinar, entre
outros, e ao alfabetizador, avaliar e fazer a intervenção
pedagógica necessária.
É necessário que haja periodicidade na aplicação dessas
avaliações. Na escola em que trabalho elas são feitas por
bimestre.
Anote todo o processo de apropriação da escrita que você
observou em cada criança, nesse e em outros instrumentos
que você utiliza. Registre se o aluno tem avançado em suas
aprendizagens ou se ainda há necessidade de intervenção.
Sugiro que você não se prenda a apenas num tipo de
instrumento, mas que varie, recorrendo a instrumentos
menos formais,como a observação diária dos alunos,
num "diário de bordo".
Como acontecem as interações entre eles, se têm dificuldades
de atenção e concentração, como reagem diante de situações
de conflitos, entre outros, são alguns dos registros que você
poderá fazer de forma individualizada.
A avaliação diagnóstica deve contemplar a produção de
escrita e leitura.
É fundamental que o aluno leia o que escreveu para que
seja observado se ele estabelece relação entre o que escreveu
e o que leu, e entre a fala e escrita. Se a avaliação envolver
ditado, dite normalmente as palavras ou a frase, sem silabar.
Dê preferência nesse momento, ao papel sem pauta para que
possa observar o alinhamento e a direção da escrita do aluno.
Se possível, faça a avaliação em grupos menores de alunos
e deixe o restante da turma envolvido em outras atividades
que não necessite da sua intervenção, um desenho livre por
exemplo.
Trago para vocês, uma "amostra" de avaliação diagnóstica,
confeccionada pelo meu grupo de alfabetizadoras no final do
ano de 2008, para ser aplicada nas turmas de 2009.
Vale lembrar que o meu grupo é estável na escola por isso
propicia a construção dos instrumentos antecipadamente.
Trata-se de uma sugestão, e cabe a cada alfabetizador
adequar e graduar as "dificuldades".



































































































Nosso próximo assunto será:
O trabalho com a criatividade
Um grande abraço e até breve!

8 comentários:

Arlene disse...

Parabéns pelo seu blog, ele está recheado de novidades, buscava no google por atividades de alfabetização e encontrei você fiquei fã do seu trabalho.

Adiléa disse...

Puxa que maravilha esta avaliação diagnostica.Algumas atividades estão contidas no guia de alfabetização da SEE.Ótima!! Vou copiá-la.Obrigada.Eu coloquei no meu blog uma avaliação global. Depois dá uma olhadinha lá. Abraços e parabéns!!!

claudiasousa_ma@hotmail.com disse...

Olá Rose tudo bem?As atividades diagnósticas seram de grande importância em minha sala de 3º ano já que a maioria dos meus alunos apresentam dificuldades com relação a leitura e a escrita e matemática.Vou colocar nos favoritos o seu blog. Beijinhos.

na mesma direção disse...

ola ,bom dia!!! gostaria q vc me ajudasse com dicas de diagnostico pra alunos do eja..
eu vou trabalhar com geografia , ciencias, artes e ens.religioso.

Anônimo disse...

Oi, Rose gostei de sua atividade de avaliação diaginóstica, vou copiar um modelo. Obrigada.
Rosimeiry

Anônimo disse...

GOSTEI MUITO DO MODELO DE AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICO SOU PROFESSORA DO 2º PERÍODO E AMO O QUE FAÇO PORÉM ESTOU MUITO PREOCUPADA COM AS IMPOSIÇÕES QUE ESTÃO SENDO FEITAS MUITOS SO QUEREM SABER DE NOTAS ALTAS NO IDEB QUEIMANDO VÁRIAS ETAPAS EM NOSSAS CRIANÇAS QUE FICARÃO PREJUDICADAS .ABRAÇOS!

Katia disse...

Olá!
Parabéns pelo trabalho realizado!
Kátia Lessa

Jeane Maia disse...

ADOREI SUAS IDEIAS. COMO VICE-DIRETORA DE UMA ESCOLA MUNICIPAL EM FORTALEZA, INVISTO NESTA MESMA LINHA! INCLUSIVE TENHO ALGUNS TRABALHOS E COMO VC, COLOCAREI NO MEU BLOG....